Report

Out of the Blue: O Valor das Gramas Marinhas para o Meio Ambiente e as Pessoas

04 June 2020

A importância das gramas marinhas é destacada em um novo relatório, Out of the Blue: O valor das gramas marinhas para o meio ambiente e as pessoas, lançado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), juntamente com o GRID-Arendal e o Centro de Monitoramento do PNUMA para a Conservação Mundial (UNEP-WCMC).

As gramas marinhas são formas de vida encontradas em águas marinhas rasas em muitas partes do mundo, dos trópicos ao círculo ártico. Os prados de gramas marinhas são de fundamental importância para a natureza e as pessoas. Eles contribuem para o bem-estar da comunidade, seja com segurança alimentar, melhoria da qualidade da água filtrada pelas gramas marinhas, proteção das costas contra erosão, tempestades e inundações ou sequestro e armazenamento de carbono. No entanto, as gramas marinhas vêm declinando globalmente desde a década de 1930 - o censo mais recente estima que 7% desse habitat marinho essencial está sendo perdido a cada ano, o que equivale a um campo de futebol de gramas marinhas perdidas a cada 30 minutos. As gramas marinhas estão entre os ecossistemas costeiros menos protegidos e frequentemente enfrentam pressões cumulativas do desenvolvimento costeiro, escoamento de nutrientes e mudanças climáticas.

A mensagem está clara. As gramas marinhas saudáveis ​​fornecem uma fonte de oportunidades para mitigar as mudanças climáticas, adaptar-se às mudanças futuras, criar resiliência e oferecer vários benefícios sociais adicionais. Precisamos agir agora para proteger as gramas marinhas, priorizando ações oportunas, ambiciosas e coordenadas nas áreas de conservação, gestão sustentável e restauração.