Catalogando os esforços globais

In Air

Reconhecendo a crescente ameaça global da poluição do ar, em 2014 a Assembléia da Nações Unidas para o Meio Ambiente pediu a ONU Meio Ambiente que publique uma perspectiva geral das ações tomadas por governos para promover uma melhor qualidade do ar.  

O resultado da pesquisa foi compartilhado em 14 relatórios sub regionais e em um relatório global , intitulado Ações para Qualidade do Ar. 

O relatório identificou que muitos governos ainda devem agir para a qualidade do ar, mas também destaca exemplos de ações positivas em todo o mundo:

  • Mais de 3 bilhões de pessoas ainda utilizam combustíveis sólidos e fogões ineficientes, mas as Seicheles conseguiu melhorar a qualidade do ar ao fazer a transição de todo o país de combustíveis sólidos e fogões ineficientes para gás de petróleo liquefeito. 
  • Apenas um quarto dos países tem aumentado o rigor de seus padrões de combustíveis e veículos, algo que pode reduzir significativamente a poluição de pequenas partículas, especialmente em cidades. O Quênia, Uganda, Tanzânia, Burundi e Ruanda decidiram que a partir de Janeiro de 2015 apenas combustíveis com baixo teor de enxofre seriam permitidos em seus países. Se tal medida acompanhar medidas de padrões veiculares isso reduziria as emissões veiculares por mais de 90 porcento. 
  • Alguns países e cidades tem conseguido aumentar a reciclagem de dejetos, reduzindo a necessidade de queima-los. No Brasil por exemplo, milhões de hectares de terra estão sob agricultura de conversação, que deixa os resíduos das últimas colheitas no solo ao invés de queimar-los. los.  
  • A maior parte dos países no mundo já colocaram em prática padrões de qualidade do ar nacionais. A Índia, com grandes desafios de qualidade do ar em suas cidades,  estabeleceu leis e regulações de qualidade do ar ao mesmo tempo criando uma estratégia de implementação para estas leis. 
In Air

Tópicos